Gaetano Mosca e a força da "minoria organizada".



"De fato, é fatal o predomínio de uma minoria organizada, que obedece a um único impulso, sobre uma maioria desorganizada. A força de qualquer minoria é irresistível perante cada indivíduo da maioria, que se encontra só perante a totalidade da minoria organizada; e, ao mesmo tempo, pode dizer-se que esta está organizada precisamente porque é minoria.

Cem, que agem sempre concertadamente e entendidos uns com os outros, triunfarão sobre mil, tomados um a um, e sem acordo entre si; e, ao mesmo tempo, será muito mais fácil aos primeiros agir concertadamente e entenderem-se, porque são cem e não mil.

Deste fato se extrai facilmente a conseqüência que, quanto maior é uma comunidade política, tanto menor pode ser a proporção da minoria governante em relação à maioria governada e tanto mais difícil consegue esta organizar-se para reagir contra aquela.

No entanto, para além da grandíssima vantagem que vem da organização, as  minorias  governantes  são  ordinariamente  constituídas  de  maneira  que  os indivíduos que as compõem se distinguem da massa dos governados por certas qualidades,  que  lhes  dão  uma  superioridade  material  e  intelectual  ou  também moral, ou são herdeiros dos que tinham estas qualidades: por outras palavras, esses  devem  ter  algum  requisito,  verdadeiro  ou  aparente,  que  é  fortemente apreciado e que muito se fez valer na sociedade em que vivem. "

-Gaetano Mosca, em "A Classe Política"
Compartilhar no Google Plus

About Legio Romagno

    Blogger Comment
    Facebook Comment

0 comentários:

Postar um comentário